top of page
blog agenda boa - bora

O segredo de como abrir um negócio do zero e ter sucesso!

Se você tem paixão pelo que faz, então, este artigo de como abrir um negócio é pra você. Nele, será possível conhecer todos os segredos para se dar bem como um profissional autônomo a partir do zero.


Por incrível que pareça, as pessoas que querem se tornar autônomas consideram, primeiramente, a venda de produtos, mas se esquecem de que um dos setores mais procurados no dia a dia é o de serviços. Logo, esse é um mercado amplo e no qual você pode colocar sua experiência e as habilidades em prática pra atender a uma necessidade momentânea ou frequente de clientes e empresas.


Pensando nisso, reunimos dicas incríveis de como abrir um negócio de prestação de serviços do zero e ter sucesso. Confira!


Escolha o nicho de atuação


Após tomar a decisão de ser dono de um empreendimento, é chegado o momento de escolher qual o segmento mais próspero pra sua realidade. Pra isso, reflita naquilo que você sabe e gosta de fazer, qual área domina e quais são seus talentos e ramos de interesse.


Veja algumas ideias de profissões de serviços pra se inspirar:


  • mecânico de automóveis;

  • consultor em geral;

  • barbeiro e cabeleireiro;

  • encanador;

  • eletricista;

  • empreiteiro;

  • jardineiro;

  • organizador de eventos;

  • pedreiro;

  • pintor;

  • dono de lava-rápido;

  • transporte (de carga, ou de pessoas — táxi ou motoboy);

  • técnico em informática.


Depois, descubra se é possível conseguir um bom lucro com o seu negócio. Pesquise as tendências do segmento e o grau de concorrência pra ter uma noção mais realista e detalhada.


Nesse momento, vale considerar os seguintes princípios:


  • o valor que você pretende entregar pra sua clientela;

  • como você deseja resolver o problema do seu público melhor do que os seus concorrentes.

Como abrir um negócio: monte um plano


O plano de negócios é um recurso indispensável pra quem não quer fazer parte das estatísticas de fechamento precoce de empresas. De acordo com dados de 2017, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), seis em cada dez negócios fecham as portas em cinco anos de atuação. Esses números causam certo receio, mas já é de conhecimento de muitos que o Brasil não é pra amadores. Por isso, não seja um.

Planejar o negócio é essencial para compreender quais são os passos e a direção a seguir. Na prática, essa abordagem definirá a viabilidade do seu empreendimento.


Levante informações relevantes, como:


  • perspectiva de mercado;

  • público-alvo;

  • principais concorrentes;

  • possibilidades de vendas;

  • investimentos necessários.


Com essas orientações, os desafios iniciais ficam mais fáceis de serem superados.


Dá uma olhada nesse vídeo sobre Modelo de negócio 👇




Faça o benchmarking


O benchmarking é uma técnica de gestão empresarial que consiste em observar o que a concorrência faz pra conquistar mais clientes. E essa “investigação” não serve somente pra concorrentes diretos, mas também pra outros negócios prestadores de serviços. Isso vale tanto para descobrir se é viável investir na área que deseja quanto pra se inspirar em abordagens comerciais de sucesso.


Comece a tirar do papel


Após definir o seu modelo de negócio, basta formalizá-lo. É com a posse do registro empresarial que sua prestadora de serviço surgirá, de fato. Pra isso, é preciso preencher formulários e apresentar documentos para gerar o Número de Identificação do Registro de Empresa (NIRE) e o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), e tudo pode ser feito pela internet.


Nesse caso, é aconselhável buscar auxílio de um contador pra realizar esses procedimentos e conseguir o Contrato Social — documento em que constam as normas que o empreendedor deverá seguir, bem como os seus direitos e as obrigações como proprietário.


Com todos esses registros em mãos, basta ir até a prefeitura pra preencher mais alguns formulários e seguir as orientações necessárias. Após realizar todos os procedimentos, são gerados a inscrição municipal e os alvarás de licença e de funcionamento. Com isso, sua empresa prestadora de serviços já pode funcionar legalmente.


Após conferir nossas dicas de como abrir um negócio do zero, você deve estar tentado a fazê-lo, não é mesmo? Afinal, ser um profissional autônomo de prestação de serviços traz boas vantagens, como autonomia, liberdade, independência financeira e a possibilidade de trabalhar com o que gosta.


Se você gostou deste conteúdo, continue acessando nossos conteúdos. Tem post novo toda semana. 


0 comentário

Comentarios


banner-footer2.png
bottom of page