top of page
blog agenda boa - bora

Saiba como fazer um melhor controle de custos com essas 5 dicas!

Atualizado: 18 de dez. de 2023

Quem nunca chegou ao final do mês com aquele aperto no orçamento e muitas vezes até se enrolando sério? Pois é, fazer um controle de custos realmente eficiente nem sempre é lá uma das tarefas mais simples e requer uma certa organização.

Porém, a pergunta é a seguinte: será que se você tiver como controlar os seus custos de forma mais fácil e sem complicações, sua vida financeira e a do seu negócio não seria muito mais simplificada? Com certeza, sim!


Por isso mesmo, resolvemos preparar este post pra trazer algumas dicas infalíveis de como montar um controle de custos mais eficiente e ajudar te ajudar a entender cada centavo gasto durante o mês, de forma simples e fácil. Quer conferir? Então, fica com a gente até o final e não se esqueça de anotar as boas! Vamos lá!

Afinal, o que precisa pra fazer um controle de custos?

A seguir, destacamos algumas boas dicas de como é possível montar um planejamento financeiro e controlar todos os seus custos do dia a dia, com a ajuda de ferramentas bem fáceis de se usar. Então, vamos direto ao ponto.


1. Separe o que é pessoal e da empresa

Quem é profissional autônomo sabe que muitas vezes as contas pessoais e as da empresas se misturam, especialmente entre aqueles que utilizam a mesma conta bancária pra tudo. É uma trabalheira a mais na hora de tentar entender cada custo, não é mesmo?


Por isso, a nossa primeira dica pra fazer um controle de custos financeiros é organizar e separar cada coisa: de um lado as contas pessoais, como as taxas de casa, alimentação, compras domésticas e até os momentos de diversão, enquanto do outro lado você coloca tudo que for ligado aos custos de seu negócio, como compra de material, transporte, gasolina, equipamentos etc.


2. Faça uma reserva de segurança

Só de conseguir organizar e fazer um controle de custos de seu negócio, já é possível economizar ou, pelo menos, direcionar melhor o dinheiro pro que realmente importa. Como consequência, fica mais fácil também fazer sobrar aquela graninha no fim do período e isso é muito importante.


Ter uma reserva de segurança é fundamental pro seu controle de custos e até mesmo pra realizar investimentos importantes. Sendo assim, a dica é tentar criar metas mensais de uma quantia que você acredite conseguir economizar a cada mês e guardar pra aplicá-la no momento certo em vez de gastar tudo sem nem saber pra onde o dinheiro vai.


Se for possível, tente até separar esse valor extra em um conta poupança pra evitar de mexer a qualquer hora e considere isso sempre como uma reserva de emergência, tanto pra quitar contas quanto para investir em alguma coisa relevante.


3. Considere o período de férias no seu planejamento

Quem não gosta de férias, né? Só que pra muitos profissionais autônomos muitas vezes isso é um privilégio raro. Bom, considerando que você vai realmente seguir essas dicas de controle de custos, temos certeza que essas práticas já vão ajudar muito você a se organizar melhor e aproveitar aqueles dias merecidos de folga.


Mas calma que não é só isso! Também é preciso considerar esse período dentro do seu controle de custos. Afinal, você vai ter que movimentar o dinheiro que conseguir guardar, e melhor, terá que recuperá-lo ao longo do tempo, assim que retornar de férias. Dessa forma, você consegue se organizar todo ano e tirar alguns dias de sossego.


Ou seja, lembra do tópico anterior de guardar uma graninha todo final de mês? Pois é, ela também pode servir pras suas férias e cada centavo retirado dessa reserva precisa ser contabilizado e fazer parte de seu controle de custos, ok?


4. Entenda o que são custos fixos e variáveis

Calma, ninguém precisa ser formado em administração ou contabilidade pra saber isso. É bem básico e certamente você já até sabe diferenciá-los, mas talvez não os controles apenas. Vamos lá! Os custos fixos são aqueles certos todo o mês, como a conta de luz, de água, de internet etc.


Pra esses custos, é fundamental ter o conhecimento de quanto dá esse bolo todo no final do mês, ou pelo menos, uma média próxima. Já os custos variáveis são aqueles que podem surgir de vez enquanto, como a compra de materiais ou de equipamentos, uma possível multa ou taxa inesperada, entre outros.


Mais uma vez, reforçamos a importância daquela reserva de emergência, que também serve pra cobrir possíveis custos de surpresa.


5. Faça cortes quando necessário

Fazer um controle de custos certinho também ajuda a enxergar melhor o seu orçamento mensal ou até mesmo diário. Quem não se organiza quase sempre chega no fim do mês meio perdido e sem saber bem onde aplicou o dinheiro, quanto ganhou e quanto perdeu. Aí fica difícil sobrar alguma coisa e até mesmo de entender onde a grana tá sendo usada.


A partir do momento que você consegue ver com detalhes e separar todos os custos, dá até pra começar a fazer alguns cortes ou direcionar melhor os investimentos. Ou seja, tirar de onde não precisa ou aplicar mais em certas coisas que podem ser mais importantes naquele momento.


Como fazer esse controle de custos na prática?


Você deve estar pensando: tantas dicas legais, mas na prática como aplicar tudo isso de forma eficiente? Como bons especialistas e camaradas que somos, é claro que íamos dar a boa de como praticar todos esses conselhos e, acredite, tudo sem complicação alguma.

Em tempos de tecnologia avançada, é possível encontrar ferramentas de gestão que te ajudam a fazer o seu próprio controle de custos e não ter mais dor de cabeça tentando descobrir onde tá o dinheiro do negócio. É o caso da Agenda Boa, uma ferramenta de gestão pra profissionais autônomos de qualquer segmento que é uma verdadeira mão na roda pra controlar tudo o que entra e sai no seu dia a dia. Molezinha!


Dá uma olhada nesse vídeo que a gente preparou pra te mostrar como criar categorias de custos na Agenda Boa:




Enfim, fazer um controle de custos pra você não é nem um pouco complicado e, cá entre nós, com todas as dicas citadas acima, sua vida financeira vai ser outra e seu negócio vai pra outro patamar de uma forma muito mais simplificada e lucrativa. Portanto, não espere mais e comece a praticar agora mesmo!


0 comentário

Comments


banner-footer2.png
bottom of page